Trilha de mountain bike. (Foto: Divulgação/ Terra na Veia Bike Park)

Para quem busca diversão e adrenalina, praticar mountain bike é a pedida certa! Isso porque o mountain bike é um esporte que requer vontade de superar desafios ao encarar trilhas ou percorrer grandes distâncias. Nenhuma trilha é igual a outra, mas todas mantém algo semelhante: o contato com a natureza e o surgimento de obstáculos a serem superados pelo ciclista. Esta combinação faz cada dia de pedal ser único. Pensando nisso, separamos algumas dicas de como escolher a bike ideal. 

Tipo de pedal

Se você é iniciante nas trilhas e quer um passeio mais leve, existem bikes  equipadas com o básico para as trilhas. Muitas vezes são suspensões de curso menor ou equipamentos de entrada na gama de opções dos fabricantes. Não espere longevidade e grande eficiência do equipamento, caso utilize a bicicleta em pedais mais técnicos e que demandam muito do equipamento. O preço também é mais acessível.

Ultrapassar obstáculos, ter uma boa resposta na troca de marcha e diminuição no peso geral da bike, são características que você irá encontrar em uma bike para trilhas. (Foto: Divulgação/ Terra na Veia)

 

 

Caso você já seja um ciclista de trilhas ou queira se aventurar em caminhos com mais obstáculos, as bikes para esse tipo de pedal possuem grupos de peças já desenhadas totalmente para trilhas.

Dentro deste grupo, você encontrará ainda uma ampla variedade de preços entre as bikes, mas todas irão lhe proporcionar bons pedais. Ultrapassar obstáculos, ter uma boa resposta na troca de marcha e diminuição no peso geral da bike, são características que você irá encontrar em uma bike deste nível

As bikes para competir já vem equipadas com peças dos grupos tops de linha de equipamentos. (Foto: Divulgação/ Terra na Veia)

Para o ciclista que quer participar de competições é importante saber que as bikes para competir já vem equipadas com peças dos grupos tops de linha de equipamentos. São freios, suspensões, e grupos de câmbio que fazem a diferença no limite do uso de mountain bike.

Esse tipo de bike promove descidas extremamente técnicas, saltos e droops, troca de marchas em condições de muita sujeira e lama, ou passagens em pedras que ficam “mais suaves” com uma excelente suspensão. Geralmente os quadros são fabricados em carbono, o que traz mais leveza e capacidade de absorver pequenos impactos também.

Modelos de bikes para trilha

Dois modelos de bike são muito conhecidos para quem quer fazer trilha, entenda agora a diferença entre Hardtail e Full Suspension, modelos que o ciclista pode escolher, de acordo com a sua necessidade. 

Hardtail

Esse tipo de bike apresenta suspensão no garfo dianteiro. Elas foram dominantes no cenário mundial de competição de cross country. São bikes mais ágeis e leves que uma de modelo igual. 

Ela pode ser utilizada em todos os tipos de terreno e vai te proporcionar um excelente pedal. Sempre lembrando que existem diferentes tipos de terreno e, portanto, modelos mais voltados para terrenos bem leves ao terreno que não te dá “sossego” durante o pedal.

Full Suspension

É uma bike com suspensão no garfo dianteiro e no triângulo traseiro da bicicleta. Essas bikes eram tidas como mais pesadas e lentas de resposta, apesar de proporcionarem mais conforto. No início desta década, elas começaram a ganhar as primeiras corridas de cross country e hoje são dominadoras no cenário de corridas. Atualmente, com a possibilidade de regulagens distintas, são bem ágeis e leves, o peso extra que carregam são “pagos” com o conforto e capacidade de transposição de obstáculos.

De olho nas peças

Ao procurar uma bike em uma loja especializada, informe-se sobre os grupos de peças que vem junto com a bike. Câmbios, freios, pedivela, cubos de roda, dentre outros possuem especificações de uso que são dadas pelo fabricante, tais como pedais urbanos ou terra batida, trilhas e alta performance . É importante ainda que o vendedor possua conhecimento sobre qual uso mais específico a bike que você está comprando se adequa.

Mountain bike para cada pessoa

Para fazer estes pedais em trilhas, além de disposição, em primeiro lugar você precisa se sentir confortável e seguro na bike. É Importante você escolher a bike que ajuste ao seu corpo.

Quando for a uma loja especializada, confira o tamanho da bike que estará comprando e se ela é indicada para sua altura. Considerações de comprimento do braço e pernas são importantes na definição final de qual tamanho comprar. Ajustes menores, mas não menos importantes são feitos mexendo na altura do selim, posição do selim em relação ao canote, avanço e tamanho de guidões.

Tire as suas dúvidas com um especialista no assunto. Só saia da loja com a certeza de que aquela bike te proporciona o conforto e a segurança que você merece para fazer sua trilha!

Curtiu este conteúdo? Não esqueça de compartilhar em suas redes sociais!